PELOURINHO

1790 Auto do Levantamento do Pelourinho na Real Villa de Queluz, Comarca de Rio das Mortes desta Capitania de Minas Gerais


“Anno do Nascimento de Nosso Senhor Jesus Christo de mil settecentos e noventa, aos dezenove dias do mez de setembro nesta Real Villa de Queluz, Comarca do Rio das Mortes sendo presente o Illustríssimo, e Excelentíssimo Senhor Visconde de Barbacena do Concelho de Sua Magestade, Governador o Capitão General desta Capitania de Minas-Gerais, e o Doutor General, e Corregedor desta Comarca, com os moradores, nobreza e Povo tanto da dita Real Villa novamente erecta como dos Arrayaes convezinhos; pello mesmo Illustríssimo, e Excelentíssimo Senhor Visconde General foy mandado levantar o Pilorinho da referida Villa, o qual com efeito se levantou, coma solenidade do estilo, no lugar que para isso se considerou mais proprio e acomodado, e vem a ser na Praça nova, que ffica no meyo da Villa, entre as Cazas destinadas para a Camara, e a Igreja Matriz, cujo acto se fez, e concluhio repetindo todos em altas vozes, e sucessivas aclamaçoens – Viva a Rainha Nossa Senhora Dona Maria primeira – depoiz da que ordenou o dito Illustríssimo, e Excelentíssimo Senhor ao Doutor Desembargador Ouvidor Geral, e Corregedor da Comarca procedesse logo na forma da ley e factura das Justiças, que servissem naquella Real Villa desde o dia da posse de seus nobres Cargos, athé o último de Dezembro do anno proximo foturo de mil settecentos noventa e hum; do que tudo para assim constar, mandou fazer este Auto em que asignou com os referidos prezentes se achavão e Eu Joze Onorio de Valladares e Aboim Secretario do Governo que o ffiz escrever, e sobscrevi.
_ Visconde de Barbacena – Luiz Antonio Branco Bernardes de Carvalho – Joze Rodrigues da Costa – Fortunato Gomes Carneiro – Antonio Gonçalves Ferreira – Felisberto Joze Machado – Joze Maria Fajardo de Aciz – Manoel Vaz de Lima – Manoel Antonio Gomez – Antonio Agostinho Lobo Leite Pereira – Joze de Vasconcellos Parada, e Souza – Antonio Vicente Machado – Joze Dutra Gonçalves – Theodoro Joze Joaquim Pereira – Severino Joze Vaz – Felisberto da Costa Pereira – João de Mattos Costa - João Dias da Matta – Benedicto Dornellas da Costa – Francisco de Souza Leão – Bernardo Joze de Varga – Joze da Silveira Vaz – João Francisco Vieira – Joze Joaquim de Carvalhaes – Manoel Bernardes de Christo – Pascoal Pereira Guimaraens – Joze Pedroso dos Reys – Jeronymo Ribeiro de Castro – Pedro Fernandes Ribas – João de Medeiros Teixeira – Conçallo Alves Anuda – Francisco da Silva – Manoel de Souza Lima – Joze Sebastião de Mello – Joze Antonio de Azevedo – Francisco Ferreria Marcial – Antonio Pereira da Cunha – João Martins Pedra – Manoel Alz da Neiva – Joze de Vargas – Joze Pinto Cardozo – João Baptista de Sá – Antonio Joze Basto Pinto – Manoel Rodrigues Pires – Francisco Rodrigues Xavier – Narcizo Martins Machado – Joze da Costa dos Santos – Carlos Roiz de Oliveira – Felipe de Abres Pacheco – Antonio da Silva Pinto – Joze de Mattos Lima – Francisco de Araujo Toledo – Manoel Pereira do Valle – Antonio Roiz Braga – manoel Lopes dos Santos – Serafim Alves Frias.
Está Confre - , Joze Onorio de Valladares e Aboim.”